Como chegamos até aqui? - História do Rádio II
17/10/2016 - 20h34 em Tecnologia

Você já ouviu falar de telégrafo? Era um tipo de "telefone" usado antigamente, uma forma de enviar mensagens de um local a outro, sabe? Foi assim que o aparelho de rádio surgiu. Numa tentativa de substituir o telégrafo elétrico, foi criado o sem fio. 

 

O que já era uma inovação e tanto para época – isso, em 25 de Setembro 1986, data que um italiano patenteou a criação –, acabou se transformando em algo ainda maior. O italiano, criador do aparelho transmissor, se chama Guglielmo Marconi. Porém, você sabe, que nenhuma criação significativa nesse nosso planeta, foi feita única e exclusivamente sozinha.

 

Muito se fala a respeito desse passo importante na história do rádio. Dizem que Gugliemo se inspirou no tão famoso Nikola Tesla, depois, que dois europeus criaram um dispositivo que melhorava a detecção, assim, no ano seguinte, foi inventando um circuito elétrico sintonizado, que possibilitava escolher a frequência. Foi a vez de um norte-americano criar algo importantíssimo, chamado válvula triodo, que mais a frente foi usado para amplificar e produzir ondas eletromagnéticas.

 

Ufa! Em cerca de 3 anos, tudo isso foi criado. Já pensou como ficou o mundo com isso? As reações das pessoas?

Na próxima parte da história, você vai saber o que um padre brasileiro tem a ver com tudo isso. Até mais!

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!